Como fazer uma viagem internacional gastando pouco

Em 05.05.2016   Arquivado em Dicas, Paris, Viagem para Paris, Viagens

Se eu ganhasse R$100,00 cada vez que alguém me pergunta na lata quanto eu gastei na minha viagem daria para viajar de novo daqui a dois meses, hahaha. Essa questão é super normal e compreensível, já que eu mesma tenho a curiosidade em saber o maior número de dicas possíveis dos lugares que pretendo ir, principalmente agora que quero viajar sempre que possível. A verdade é que a ideia de viajar para o exterior é um tabu para nós, onde automaticamente a maioria pensa que é um valor caro e distante da realidade. Eu também achava isso, mas agora sou a prova viva de que não é nem um pouco assim. Na verdade tudo é uma questão de saber quais são as suas prioridades.

No post onde contei que iria fazer a viagem aproveitei e fiz um desabado, quem ai se lembra? Quando algumas pessoas souberam da viagem falavam em tom de brincadeira que eu e meu namorado eramos ricos. Todas as vezes que penso nisso fico indignada por dois motivos: o primeiro é ver que as pessoas não nos conhecem de verdade e o segundo é ver o quanto nós brasileiros temos o hábito de julgar sem antes conhecer ou saber dos fatos. Gastar R$5.000,00 em um notebook pode, mas viajar para outro país faz de você uma pessoa rica. Minha cunhada me enviou outro dia um texto que define totalmente o que penso disso: viajar não significa ser rica ou esnobe, significa fazer escolhas.

Pensando em ajudar você que quer viajar, separei nesse post várias dicas que me ajudaram muito a realizar meu primeiro grande sonho. Lembrando que esse post é para você que como eu viaja como pode e como dá, não liga para luxo e precisa se organizar e pagar tudo sozinho.. Ah, esse post é a continuação do post em que falei como se organizar e planejar uma viagem com calma, então seria bacana você ler esse post antes de continuar a ler aqui :)

Eurotrip Paris e Londres 2016

PLANEJE-SE ANTECIPADAMENTE

Quer economizar em uma viagem? Planeje-se com antecedência. Quanto mais cedo você fizer isso mais tempo você vai ter para pesquisar, comparar e negociar descontos, além de ter facilitações para pagar (principalmente se dividir no cartão de crédito).

TENHA DATAS FLEXÍVEIS

Acho que essa é a principal dica! Pesquisar os meses de baixa temporada fazem o orçamento final diminuir significativamente, porém para mim não funcionaria pois tiro férias em Janeiro, que é uma época de férias onde tudo fica mais caro. Apesar disso foi pesquisando muito e com bastante paciência que consegui preços incríveis e que cabiam no meu orçamento, dá sim para viajar barato mesmo em épocas de alta temporada. Basta seguir os passos abaixo sobre compra da passagem e escolha da hospedagem.

PESQUISE AS MELHORES PASSAGENS DE AVIÃO

Você sabia que dá sim para economizar muito na passagem de avião (que normalmente é a coisa mais cara da viagem)? Pois é. Ao pesquisar na internet e em sites especializados descobri algumas manhas e quero compartilhar com vocês neste post. Depois de ter decidido o estilo de sua viagem chegou a hora de pesquisar isso, e esse passo requer mais paciência. Existem diversos sites que você pode comprar, mas em cada um deles o valor e a forma de pagamento mudam totalmente. Quando decidimos viajar eu acessava basicamente os sites da Decolar e Submarino Viagens todos os dias e em horários diferentes (desde manhã até de madrugada), e anotava em um caderno as variações de preços, taxas e a forma de pagamento. É sério gente, os preços mudam absurdamente do dia para a noite e é por isso que pesquisando bem você consegue um bom negócio. No final fechamos pela Decolar e sem brincadeiras, conseguimos mais de R$400,00 de desconto de um dia para o outro.

Dicas para comprar passagem aérea mais barata (nacional e internacional):
  • Não seja precipitado, tenha um caderno e anote todos os dias os preços e variações das taxas que conseguir. Faça isso por, no mínimo, três semanas antes de comprar a passagem.
  • Opte por viajar em dias alternativos (nós viajamos em uma terça-feira às 22:00 em Janeiro). Em dias como Terça, Quarta e Quinta à noite e madrugada as passagens são muito mais baratas, mesmos em época de férias e alta temporada (Janeiro, Julho e Dezembro).
  • Você já pensou que às vezes desembarcar em outro país ou cidade próximas ao seu destino pode deixar a viagem mais barata? Pesquise caminhos alternativos, na Europa por exemplo vários paises são colados e dá pra ir de trem (nós por exemplo saimos de Paris e chegamos em Londres em 2 horas de trem). Pesquise esses destinos antes de comprar vôos direto ao pais escolhido.
  • Cadastre seu e-mail para receber promoções de passagens aéreas por e-mail em sites como Decolar, Submarino Viagens e CVC. A CVC na maioria das vezes é mais cara, mas algumas promoções relâmpago são totalmente imperdíveis, vale a pena o cadastro.
  • Baixe aplicativos no celular. Por indicações na internet acabei baixando dois programas, o Voopter e Passagens imperdíveis. Nesses dois aplicativos já achei muita promoção legal como passagens de ida e volta para Londres por R$1.800,00 com as taxas inclusas.
  • Vôos com escalas são mais baratos do que vôos diretos. Se você não se importa em fazer de duas escalas para mais você vai conseguir mais promoções, mas como eu nunca tinha viajado de avião preferimos apenas uma escala e já achei cansativo :( ! Faça mais de uma escala apenas em casos extremamente especiais e se fizer uma grande diferença no orçamento final.
  • ECONOMIZE NA HOSPEDAGEM

    Se existe uma coisa que me assustou ao fechar minha viagem foram os preços dos hotéis. Em Paris, o hotel mais barato (e com cara de que tinha baratas na cama, hahaha) ficava em um bairro boêmio perto do Moulin Rouge, onde li que tinha muito barulho durante a noite e como eu amo dormir isso atrapalharia demais a vida :( . Foi aí que tive a indicação para baixar o aplicativo do Airbnb, onde você consegue alugar casas, apartamentos e estúdios em qualquer lugar do mundo e por um preço super em conta. Ficamos praticamente do lado da Torre Eiffel, o bairro tinha tudo o que precisávamos, o estúdio tinha cozinha (o que nos fez economizar muito mais), não se escutava um barulho sequer e havia estação de metrô na rua de cima. Foi um sonho poder visitar o símbolo da cidade luz praticamente todos os dias e em diversos horários <3 . Fora o Airbnb já ouvi falar em aplicativos como AlugueTemporada, mas nunca usei ou baixei. Se vocês quiserem tutorial de como usar o Airbnb e como tirar as dúvidas com a central deles me avisem e eu faço, combinado?

    ECONOMIZE NA ALIMENTAÇÃO

    Assim que fechamos a hospedagem a primeira coisa que procuramos sabe o que foi? Os preços dos alimentos em Paris. É sério galera, o mercado de lá é muito mais barato do que os do Brasil (inclusive coisas como danoninho e bolacha recheada que aqui são uma facada). Assim que chegamos em Paris fomos no Monoprix, que é uma rede estilo Lojas Americanas e fizemos uma super compra com bastante pão, bolacha, pizzas de forno, macarrão, ovos, molho, leite, manteiga, sucos e várias outras coisas para tapear a fome. Nosso intuíto era jantar todos os dias em casa e almoçar na rua (alô, McDonald’s), mas acabamos jantando de verdade apenas um dia (preferimos fazer lanches porque chegávamos moídos da rua). Ao optar pela “comida em casa” economizamos muito, porém com o ponto negativo de não termos entrado em nenhum restaurante de Paris. Se eu me arrependo? Talvez, mas isso garantiu uma grana extra para a próxima viagem, então acho que acabou compensando, rs. Na hora do almoço como estava super frio optamos por alimentos gordurosos para dar bastante energia para as loooongas caminhas.

    LEMBRE-SE: CADA CENTAVO CONTA!

    Quando decidimos de um dia para outro que iriamos viajar criamos “metas” para cumprir em relação a economizar dinheiro para a viagem. Eu sempre tive a mania de guardar dinheiro em cofrinho (minha avó me ensinou desde pequena), então sempre soube dar valor a cada centavo que tenho. Além de juntar na poupança comecei a juntar também todas as moedinhas que achava na minha bolsa, e logo meus pais e avós começaram a juntar e me presentear com mais moedinhas, hahaha. O resultado? Os passeios para o Louvre, Torre Eiffel e um dinheirinho pra gastar lá foram comprados com elas, ou seja: dê valor a cada centavinho que guarda ou ganha, eles vão fazer uma super diferença no final das contas :)

    Divisória de post

    Essas foram as principais dicas para economizar ao fazer uma viagem internacional, lembrando que todas essas dicas que estou passando realmente me ajudaram e pretendo continuar seguindo todas elas para a próxima viagem. E vocês, tem alguma dica bacana? Quero saber :)
    Beijos, Gabi.

    Facebook: Cor de rosa no facebook
    Instagram: @gabirgouveia
    Twitter: @blogcorderosa
    Youtube: Gabriela Gouveia – para se inscrever é só clicar no simpático botão vermelho abaixo :)


    • Stephanie Ferreira

      Em 05.05.2016

      Ótimas Dicas! Pra mim o principal para economizar em viagens, é pesquisa pesquisa pesquisa. Eu segui exatamente a sua dica das passagens para uma viagem que farei este ano. Acessar sites de passagens aéreas todos os dias, várias vezes ao dia. No final, de 600 paguei apenas 200 ????????
      Beijão Gabi

      [Reply]

      Gabriela Gouveia Reply:

      Stephanie, essa dica de pesquisar NUNCA falha,né? Claro que tudo depende do seu bolso também, mas pra mim não falhou e pretendo continuar seguindo essas dicas <3

      [Reply]

    • Érica Larissa Santos Monteiro

      Em 05.05.2016

      Já deu vontade de juntar meus centavinhos! Essas dicas também são bem válidas para viagens nacionais. Ano passado, fui para um destino super badalado do meu estado e economizei mais do que 100 reais na diária e ainda consegui um hotelzinho que me dava vários passeios locais de graça!
      Tripadvisor é um grande amigo nessas horas.

      Um beijo enorme,

      Érica Monteiro
      http://www.demasiadaspalavras.blogspot.com

      [Reply]

      Gabriela Gouveia Reply:

      Érica, eu já estou juntando cada centavinho de novo, todos são importantes no final das contas, hahaha <3 . COM CERTEZA, vale pra viagem nacional também, só não coloquei nacional e internacional pois nunca viajei de avião aqui no Brasil (na verdade essa foi a primeira vez que entrei em um avião, kkkk). Obrigada pelas dicas, vou fuçar o Tripadvisor ?

      Beijocas

      [Reply]

    • Julie

      Em 05.05.2016

      As dicas são ótimas e de utilidade pública! Salvei seu post nos meus favoritos <3

      [Reply]

      Gabriela Gouveia Reply:

      Julie muito obrigada, viu? Mês que vem termino a faculdade e começarei a editar e postar os vlogs da viagem (que estarão recheado de dicas), espero que acompanhe <3

      Beijocas

      [Reply]

    • Clayci

      Em 05.05.2016

      Que dicas maravilhosas!

      Eu sonho em viajar pra fora, mas sei que agora não tenho condições. Mesmo, assim saio pegando todas as dicas <3

      Adorei
      Beijos

      [Reply]

      Gabriela Gouveia Reply:

      Clayci, torço para você realizar esse sonho logo, viu? Espero ter te ajudado <3

      Beijocas, Gabi.

      [Reply]

    • Luana Souza

      Em 05.05.2016

      Esses seus posts me fazem pensar quando poderei fazer minha primeira viagem internacional *¥*

      Suas dicas são muito legais, sobretudo essa do aplicativo para alugar apartamentos ou estúdios :) vou me lembrar disso, porque hotéis são realmente meio caros :p

      Adorei o post ?? Beijos.

      [Reply]

      Gabriela Gouveia Reply:

      Luana, que bom que te ajudou <3

      [Reply]