Como se organizar e planejar uma viagem com calma

Em 26.02.2016   Arquivado em Dicas, Londres, Paris, Viagens

Olá meus amores, tudo bem? Como vocês sabem em Janeiro fiz uma mini #eurotrip com meu namorado e conhecemos Paris, duas cidades na região da Normandia, Londres e ficamos duas horinhas em Lisboa (foi só no aeroporto, mas já surtei e quero ir para lá o mais rápido possível) :) . Quando começamos a levar a sério a possibilidade de viajar várias coisas foram acontecendo, e foi ai que eu percebi o quanto somos influenciados por fatores externos, principalmente na hora de fechar uma viagem (nacional ou internacional).

Pensando nisso, decidi fazer um post e compartilhar as dicas que funcionaram comigo e com certeza vão funcionar com vocês também, sobre como se organizar e planejar uma viagem com calma. Este post será com dicas mais “pessoais” para você desacelerar a empolgação, filtrar o que realmente quer e fazer uma viagem que seja realmente proveitosa e bacana. Espero de todo coração que gostem <3

Eurotrip Paris e Londres 2016

TENHA OS SEUS OBJETIVOS BEM CLAROS E TRAÇADOS

Parece besteira mas não é. Sabe aquele balanço que fazemos sobre as coisas que queremos conquistar? Então. Mentalize todas as coisas que você deseja, anote em um caderno e veja como você poderá realizar dentro da sua realidade e dentro do seu tempo. Às vezes você não conseguirá realizar agora por questão de tempo ou dinheiro, mas começando hoje daqui a um ano você consegue. O que importa é começar.

PACIÊNCIA É A CHAVE DE TUDO

Para quem assim como eu é ansiosa isso é a pior coisa de se pedir, hahaha. Paciência é uma virtude que não tenho, mas que em alguns casos (como viajar) aprendi recentemente a ter :) . De que adianta correr, gastar o que não tem, não se planejar e depois ficar choramingando falando que gastou mais do que deveria? Ninguém merece!

TENHA CERTEZA DE QUE É ISSO O QUE VOCÊ QUER.

Você parou para pensar que às vezes você nem quer viajar para determinado lugar? Que só colocou na cabeça porque viu uma determinada pessoa viajando (principalmente as blogueiras que nos inspiram)? Pois é, meus queridos leitores. Somos bombardeados de fotos e informações onde tudo é lindo e parece um conto de fadas, mas o trabalho delas é esse, nos conquistar através do olhar. É ai que entram novamente os dois passos acima: respire, pense e veja se é isso mesmo o que você quer. Viajar não é somente ir a um ponto turístico e tirar uma foto pra colocar no Instagram e Facebook, viajar é ter a chance de conhecer algo novo e que vai agregar conhecimento para a vida toda, basta viajar do jeito certo.

Um exemplo clássico de dúvida que tive e que, por estarmos empolgados com uma possibilidade, não enxergamos o futuro desta escolha: Fiz curso de inglês aqui no Brasil durante anos e por não praticar estou achando que meu inglês não está ok, pensei em fazer um intercâmbio. Escolhi uma determinada cidade porque quero muito conhecer, e ai já aproveitaria para fazer intercâmbio. Depois de pesquisar muito e ver vários relatos vi que o ideal para mim agora é apenas viajar, e não fazer o curso. Por que? Simplesmente porque moramos em um país onde o inglês só conseguimos praticar em cursos de idiomas, assistindo a filmes e lendo livros. É besteira achar que mesmo fazendo anos e anos de curso de inglês você vai sair de lá sabendo tudo. No meu caso meu irmão também fala inglês, mas só conversamos em inglês às vezes. Ao analisar várias dicas vi que para ser algo proveitoso eu deveria morar em outro país por no mínimo 6 meses, coisa que além de ser bem mais cara eu não tenho essa possibilidade devido ao meu trabalho e faculdade. Vi que o ideal para mim é viajar muito e treinar meu inglês lá fora (em qualquer país mesmo, na França por exemplo só falamos em inglês), mas sem ser em um intercâmbio. Ou seja, respirei fundo, analisei toda a situação, planejei e vi que a opção do intercâmbio não era a ideal para mim naquele momento.

PLANEJE COM ANTECEDÊNCIA

Dizem por ai que para economizar em uma viagem você precisa se preparar 1 ano antes (ir economizando dinheiro e depois de seguir as dicas acima fechar os pacotes). Nós planejamos nossa mini #eurotrip com aproximadamente 5 meses de antecedência (o que é considerado um pouco em cima da hora), mas como foi muito planejada pagamos tudo à vista (incluindo todos os passeios), conseguimos ótimos preços e não temos mais nenhuma dívida referente a essa viagem, ou seja, estamos prontos para a próxima! hahaha

ESCOLHA O ESTILO DE VIAGEM QUE VOCÊ VAI FAZER

Já parou, pensou e decidiu que vai viajar mesmo? Ótimo! Então é necessário definir o estilo da sua viagem. Você quer fazer um mochilão pela europa? Legal! Agora chegou a hora de passar horas por dia na internet pesquisando dicas e os melhores preços e condições que se adequem ao seu bolso (logo falarei sobre valores em um outro post). No seu mochilão você vai preferir alugar um lugar ou ficar em hotel ou albergue? Você quer comer em bons restaurantes ou um lanchinho rápido tipo McDonald’s já te satisfaz? Definir o tipo de viagem que você fará muda totalmente o seu tempo e orçamento no final das contas.

TENHA SEUS DOCUMENTOS ORGANIZADOS

No caso de uma viagem internacional, tenha uma pasta com as suas passagens de avião, reserva de hotel e seguro viagem impressas e sempre fáceis de pegar, além do passaporte com validade mínima de 6 meses (para vôos na América do Sul eu sei que você deve ter também seu RG em mãos). A melhor coisa é você ter tudo organizado em uma pasta, pois eles te perguntam o tempo todo para onde você vai, o que vai fazer no destino e se desconfiarem de algo vão querer os documentos que comprove o que você está dizendo (graças a Deus não aconteceu com a gente). Não precisa se preocupar em levar todos os seus documentos, é sério. Em quase todos os paises o seu passaporte é a única coisa que vale como documento, mas por via das dúvidas sempre procure na internet quais os documentos que você vai precisar levar na sua viagem e que são aceitos no país.

COMPRE UM GUIA DA CIDADE QUE VISITAR

Isso vale mais para viagens internacionais. Nós tinhamos um guia de bolso da Folha de São Paulo e é sério, nos ajudou muito, principalmente referente as linhas do metrô. Nele normalmente existem também as frases mais usadas para se virar, além de dicas de lugares para visitar e endereços dos pontos turisticos. Outra dica importante: não importa o país que você quer visitar, o ideal é você saber falar pelo menos um inglês básico. É sério… por mais que você ache que não vai precisar de informação mais cedo ou mais tarde vai precisar perguntar, e pelo menos uma pessoa que você vai abordar saberá falar inglês.

PREFIRA USAR DINHEIRO EM ESPÉCIE

Se tem uma coisa que os bancos adoram fazer é arrancar nosso couro com IOF e outras coisinhas que estamos cansados de saber. Quando fechamos a viagem não tivemos dúvida, levariamos dinheiro em espécie e o cartão internacional somente para emergências (o que não aconteceu, ufa!). Normalmente os quartos de hotéis possuem cofres, e você pode guardar lá o seu dinheiro. Durante os dias você retira apenas a quantidade aproximada que acha suficiente levar, e coloque um pouquinho em uma pochete (aquelas fininhas de viagem), um pouquinho no fundo da bolsa ou em algum lugar que julgue seguro. Se você estiver com um acompanhante melhor ainda, dividam os valores entre vocês. Existem também outras opções como cartão pré-pago, mas como não usei não posso falar sobre isso :( .Acreditem: corremos mais risco de assalto aqui no Brasil do que no exterior, vai por mim.

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Antes de embarcar verifique no site da companhia aérea que você vai viajar quais são os limites de bagagem, peso e outras informações importantes. Nós voamos de TAM e TAP Portugal, e normalmente essas medidas são as mesmas para todas elas. Outra dica importante é tomar cuidado com o que levar na bagagem de mão, mas isso eu falo melhor em outro post :) .

Divisória de post

YAY, essas foram as primeiras dicas para você se organizar e planejar a sua viagem com calma. Como falei no começo do post, essas dicas me ajudaram muito e com certeza ajudará você a filtrar tudo que precisa antes de embarcar em uma nova aventura :) . Este post terá uma continuação, onde falarei sobre como economizar em passagens aéreas, hospedagem, passeios, alimentação e tudo o que me ajudou também. Ahhh, compartilhem suas experiências e dicas, vou adorar saber! Lembrando que vocês podem me enviar e-mail com outras dúvidas (eu sempre respondo), gabriela_gouveia@hotmail.com <3

Beijos, Gabi.

Facebook: Cor de rosa no facebook
Instagram: @gabirgouveia
Twitter: @blogcorderosa
Youtube: Gabriela Gouveia – para se inscrever é só clicar no simpático botão vermelho abaixo :)


  • Luly

    Em 26.02.2016

    Melhores dicas são “ter certeza” e “planejar”, né? Às vezes a gente vê imagens de lugares que nunca imaginou ir e empolga, já quer conhecer o mundo todo, mas como infelizmente não dá (triste, triste) o jeito é selecionar aquele que faz o coração bater mais forte e se organizar desde muito antes para que seja a viagem ideal!
    Realmente: nada melhor do que pagar a vista! Ninguém merece passar meses penando por algo que já passou, eu nunca parcelo nada pra depois se tiver a opção…

    [Reply]

    Gabriela Gouveia Reply:

    Ter certeza e planejar é apenas a parte principal de toda essa coisa maravilhosa que é decidir uma viagem, não é?

    Beijos, Luly ?

    [Reply]