Paris: arco do triúnfo + vlog

Em 10.04.2017   Arquivado em #eurotrip2017, Dicas, Eurotrip, Paris

Oi oi meus amores, tudo bem? Continuando mais um diário de viagem sobre a #eurotrip2017 :) … saímos de Londres pela manhã e já na hora do almoço chegamos em Paris. Como no dia seguinte nós iríamos pra Amsterdam optamos por almoçar e descansar um pouco, então ficamos com a tarde livre e só tínhamos um compromisso à noite: subir no Arco do Triúnfo.

O Arc de Triomphe começou a ser construído em 1806 para comemorar as vitórias militares de Napoleão Bonaparte e foi inspirado no Arco de Tito (que fica em Roma e que nós também visitamos <3 ), e só teve sua inauguração em 1836 depois de mil esboços e mudanças. Ele tem uma arquitetura incrível e cheia de detalhes, onde você pode ver gravados os nomes de centenas de batalhes e generais. O arco fica em uma extremidade da avenida Champs Élysées e é de tirar o fôlego de tão lindo!

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

ARCO DO TRIUNFO DURANTE O DIA

Em 2016 quando fomos para Paris pela primeira vez nós preferimos subir na Torre Eiffel, e por questões de dinheiro não subimos no Arco do Triunfo naquela viagem. Como vimos Paris lá de cima da torre durante o dia escolhemos subir no arco durante à noite para ver Paris iluminada, e sinceramente não nos arrependemos, realmente tudo fica muito mais bonito e charmoso durante à noite :) . O ingresso para subir no Arco nós compramos na Tiqets e pagamos €12,00 por pessoa :) .

Para chegar ao topo do arco você precisa subir MUITOS, eu disse MUITOS degraus de uma escada que parece que não tem fim… pra quem tem algum problema de saúde eu nem aconselho a ir porque realmente é punk, procuramos saber se existe algum elevador mas não encontramos informação alguma, as coisas na Europa não são tão acessíveis como aqui no Brasil para quem tem alguma necessidade especial, eu acho isso bem chato :( .

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

UMA PRÉVIA DAS ESCADAS

Antes de ir ao terraço para admirar a vista você passa por um hall que conta toda a história do arco em um vídeo bem explicativo, além de alguma exposições de objetos e estátuas da época de sua construção. Eu admito que vi apenas a história completa e tirei foto dos outros objetos, porque queria mesmo era ir logo ao terraço pra ver Paris todinha, hehehe <3 . O terraço é bem escuro à noite, e acho que deve ser para que as luzes da paisagem chame mais a nossa atenção, e eu achei uma das coisas mais lindas que eu já vi na vida:

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

CHAMPS ÉLYSÉES TODA ILUMINADA

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

A TORRE EIFFEL NEM PRECISA DE APRESENTAÇÃO, NÉ?

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

EU 100% CANSADA, PORÉM 100% APAIXONADA POR TUDO

Vista do Arco do Triúnfo à noite em Paris

DÁ PRA VER A SÁCRE COEUR E MONTMARTRE TAMBÉM :)

E é claro que rolou vlog desse passeio incrível, espero que gostem:

É isso meus amores, espero que estejam gostando da frequência de posts sobre a viagem. Sei que o blog e canal estão basicamente resumidos a isso, mas é porque como vocês sabem estou decorando meu quarto e simplesmente não dá pra gravar nada lá por enquanto, hehehe.

Beijos, Gabi.

Facebook: Cor de rosa no facebook
Instagram: @gabirgouveia
Twitter: @blogcorderosa
Youtube: Gabriela Gouveia – para se inscrever é só clicar no simpático botão vermelho abaixo :)


Um dia em Paris + vlog

Em 19.03.2017   Arquivado em #eurotrip2017, Eurotrip, Paris, Viagem para Paris

Oi oi meus amores, tudo bem? Hoje vou continuar a falar sobre a Eurotrip que eu e meu namorado fizemos em Fevereiro e que eu já tô morrendo de saudades, hahaha. Nosso próximo destino depois de Lisboa foi Paris…sim, isso mesmo, fomos para Paris novamente! Acho engraçado pois várias pessoas que eu falei sobre a nossa viajem falaram “ah, mas porque você vai ver as coisas que já conhece de novo?” e eu respondi com um simples: porque Paris nunca é demais! É sério, Paris é o único lugar do mundo até hoje onde eu e meu namorado pretendemos voltar quantas vezes pudermos… essa cidade tem uma magia incomum, tudo nela brilha mais no que em outros lugares e te faz ficar apaixonado. Como nós chegamos em um Sábado a tarde e o estúdio que alugamos ficava ao lado da Torre Eiffel aproveitamos para caminhar por lá, comprar comida e conhecer mais de perto a réplica parisiense da Estátua da Liberdade. A réplica tem 11,5m e 14 toneladas e está em Paris desde 1889… você pode ir até lá à pé ou pode ver mais de perto em um cruzeiro no rio Sena :) .

No dia seguinte (Domingo) acordamos bem cedo, pegamos o metrô (eu amo o metrô de Paris <3 ) e fomos a vários pontos turísticos! Nossa primeira parada foi a igreja de Notre Dame pois queria tirar fotos durante o dia já que na viagem de 2016 nos perdemos e achamos ela já de noite. Da Notre Dame fomos conhecer a igreja de Saint Sulpice que com certeza quem assistiu o filme O código da Vinci se lembra (é a igreja que passa a linha rosa e tem o chão quebrado no filme). A arquitetura dela é incrível, eu não tirei fotos pois estava tendo missa e acho falta de respeito, a única coisa que filmei foi o marco zero de Paris que fica dentro dela e é incrível pensar que estivemos lá <3 .

Paris

NOTRE DAME

Logo após ir a essas duas igrejas incríveis fomos conhecer o Jardin du Luxembourg, que é o maior parque público de Paris e que não fomos na eurotrip do ano passado. Esse lugar é incrível e traz uma paz incomum, o sol estava nos aquecendo enquanto estávamos lá e foi incrível ver mais uma vez as famílias parisienses curtindo o domingo :) .

De Luxembourg vimos que estávamos perto do Panteão (que também não vimos na viagem passada) e aproveitamos pra conhecer. Ele fica localizado no Quartier Latin e abriga a cripta de mais de 70 celebres personagens da história francesa. Legal, né? A arquitetura de lá é incrível e me lembrou um pouco as da Grécia (não conheço a Grécia ainda, mas me lembrou pelas fotos que já vi na internet).

Paris

JARDIN DU LUXEMBOURG

Do Panteão fomos para o meu bairro favorito de Paris: Montmartre! Sério, que lugar incrível <3 . Montmartre é um lugar de bastante agitação e é cheia de lojinhas bacanas e pontos turísticos. Aproveitamos para conhecer o cabaré mais famoso de Paris que é o Moulin Rouge e tiramos fotos do lado de fora. Não quisemos entrar porque com esses ataques terroristas ainda temos medo de estar em lugares com uma grande aglomeração de pessoas. Depois de fotografar fomos tomar um chocolate quente em um dos pontos turísticos que eu particularmente estava mais ansiosa em conhecer que é o Cafe des 2 moulins, ou pra quem já assistiu ao filme O fabuloso destino de Amélie Poulain pode chamar este local simplesmente de “o café onde a Amélie trabalha”. Sério, fiquei até emocionada ao entrar lá, que lugar mais amorzinho! Amélie é uma garota inspiradora e o mundo precisa de mais pessoas como ela :) .

Paris

CHOCOLATE QUENTE INCRÍVEL

Aproveitando que estávamos em Montmartre é claro que fomos até a basílica de Sacre Cour novamente para ver Paris todinha lá de cima. O céu estava tão azul nesse dia que nem parecia inverno então a basílica que é bem clarinha ficou em um contraste perfeito :) . Pra finalizar esse dia incrível comemos crepes de Nutella e fomos conhecer uma livraria super famosa que se chama Shakespeare & company e eu me senti escolhendo uma varinha na loja do Olivaras (Harry Potter feelings, hahaha), é porque a loja tem muita coisa e muita gente, então realmente parece a loja do Olivaras. Ufa, esse foi nosso domingo em Paris. E eu posso falar uma coisa? Foi um dia incrível!

Paris

O CÉU AZUL E A SACRE CÓEUR

No vlog que gravei vocês vão poder conferir tudo isso que falei no post, espero que gostem ;) :

Espero que tenham gostado tanto quanto eu, estou amando receber o carinho de vocês <3
Beijos, Gabi.

Facebook: Cor de rosa no facebook
Instagram: @gabirgouveia
Twitter: @blogcorderosa
Youtube: Gabriela Gouveia – para se inscrever é só clicar no simpático botão vermelho abaixo :)


Torre Eiffel e Museu do Louvre + vlog

Em 09.07.2016   Arquivado em Eurotrip, Paris, Viagem para Paris, Viagens

Eurotrip

Quando ainda estávamos no Brasil pesquisamos qual seria o melhor dia e horário para visitar o Louvre (que é sempre cheio) e optamos por ir em uma sexta, já que é o dia em que o museu fica aberto até mais tarde. Como no dia anterior viajamos para Bayeux e Omaha estávamos super cansados e eu com muita dor nas pernas, então esses dois passeios foram perfeitos pois o dia acabou sendo light e conseguimos até fazer comida em casa :) .

De manhã estava tudo programado para subirmos na Torre Eiffel, e como o estúdio que nos hospedamos era super perto conseguimos andar tranquilos e observar um pouco do dia a dia parisiense, além de aproveitarmos pois o dia estava incrivelmente lindo, o céu estava “quase” azul e o sol saiu para nos aquecer. Chegamos meia hora antes do nosso horário e ficamos observando o movimento ali, onde por ser um dos monumentos mais visitados do mundo e a cidade ter sido alvo de um ataque terrorista dois meses antes o exército estava patrulhando a área. Apesar do exército e polícia estarem por perto uma coisa em Paris nunca termina: os golpes em turistas. Eu e o João havíamos assistido vídeos e já sabíamos de todos os golpes que as pessoas aplicam lá e já conseguíamos identificar as pickpockets (batedoras de carteiras) sem problemas. Na Torre Eiffel algumas garotas romenas ficam com uma prancheta tentando arrecadar assinaturas, mas na verdade elas querem roubar seu dinheiro (basta pesquisar “pickpockets” no youtube para ver os absurdos que elas fazem), inclusive fomos abordados por algumas meninas e falamos apenas “no, merci“, dessa forma elas vão embora sem insistir.

Quando chega o horário de subir na torre um moço organiza a fila do lado de fora e temos que passar por detectores de metais e revista, para logo depois aguardar o elevador super incrível que te leva para o segundo andar da torre (o primeiro andar é o restaurente). Deste andar você já consegue ter uma visão incrível de Paris, ver mais de perto a estrutura de ferro, tirar milhões de fotos e pirar na lojinha lá de dentro. Nós havíamos comprado tickets apenas até esse andar, mas acabamos querendo subir até o último então compramos o outro ingresso nas máquinas que ficam ao lado da lojinha. Ao desembarcar no último andar você tem duas opções: ficar no local que é protegido por vidros e não ficar no vento ou subir mais uma escadinha e ficar literalmente ao lado dos para-raios, e é claro que preferimos a segunda opção, né? Devo admitir que o vento era tão forte que eu não conseguia andar, e se não tivesse uma grade de proteção minha câmera teria voado com certeza (e acho que eu também teria voado, hahaha), mas o frio é esquecido quando você olha a vista…simplesmente Paris todinha embaixo dos seus pés! Dá pra ver o sena, o Louvre, arco do triúnfo e muito mais! Se vocês forem a Paris não deixem de subir até o último andar da torre, juro que não vão se arrepender.

Torre Eiffel

Como dedicamos a manhã toda à Torre Eiffel e seu arredor compramos os ingressos do Museu do Louvre para a tarde, e novamente chegamos bem antes do horário para explorar do lado de fora. Na frente do Louvre você pode tirar milhares de fotos nas pirâmides, arco do triunfo do carrossel, jardin des tuileries, praça da concórdia e muito mais. Ao entrar no Louvre você escolhe o mapa do museu na lingua que quiser, inclusive português. Neste dia minhas pernas doiam tanto que não parei de mancar um segundo, então ao mesmo tempo que queria ver tudo eu quase chorava de dor por não conseguir ficar em pé por muito tempo :( … por esse motivo o único setor que vi tudo de verdade foi o Sully, justamente por abrigar tudo que eu mais amo! Como nós não compramos o guia em áudio ao observar alguns objetos expostos ficamos boiando. Depois do setor Sully fomos procurar basicamente as obras mais famosas de se ver lá e que vocês já devem saber de cor, rs…turista é fogo, né? É uma judiação, mas para ver todas as obras e apreciar acho que ficaria uns dois anos trancada lá dentro. Depois do Louvre pegamos um táxi (que a essa altura já não estavam mais em greve) e voltamos pra casa, pois o dia seguinte seria inesquecível: visitaríamos a Disney pela primeira vez!

Louvre

Ficaram curiosos para ver tudo no vlog? É só clicar no play e se divertir tanto quanto nós nos divertimos <3 :

DICAS PRINCIPAIS:

  • Você pode comprar os ingressos para a Torre Eiffel clicando aqui, até 24 anos você paga uma espécie de “meia entrada” em Paris, então aproveite ;) .
  • Você pode comprar os ingressos para o Louvre clicando aqui.
  • Cuidado com as pickpockets! Leia tudo sobre os golpes em Paris e também veja vídeos no youtube, nos ajudou demais!
  • Se amar obras de arte compre o guia em áudio do Museu do Louvre, senão você vai ficar boiando na maior parte do tempo.
  • Cuidado com aglomerações: se você ver que existe um grande número de pessoas tome cuidado com sua bolsa: as pickpockets também estão nos museus e você nem percebe que foi roubada.
  • O Louvre não é cheio no inverno: não só o museu, mas a cidade toda! Essa é uma grande dica para você que quer aproveitar sem ter que enfrentar filas quilométricas.
  • E é isso meus amores! Quem ai está empolgado para o próximo post e vlog? Sou suspeita pra falar, mas foi o que mais esperei na viagem, hahaha.

    Beijos, Gabi

    Facebook: Cor de rosa no facebook
    Instagram: @gabirgouveia
    Twitter: @blogcorderosa
    Youtube: Gabriela Gouveia – para se inscrever é só clicar no simpático botão vermelho abaixo :)


    Página 1 de 212